top of page

Associação

CASA MÃE MULHER

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube
casamaemulher.jpg

QUEM É SANDRA SANTOS?

Sandra Santos, mulher negra, nascida em Casimiro de Abreu no Rio de Janeiro, é fundadora e atual presidenta da Casa Mãe Mulher, instituída em 2011. Aos cinco anos de idade foi separada dos pais e veio com uma tia para o Rio de Janeiro. Aos doze anos começou a trabalhar como empregada doméstica onde viveu por 14 anos em condições análogas à escravidão. Apesar das intempéries da vida, Sandra estudou e se formou em Teologia e Serviço Social. 

Em 1994 passou em um concurso público para uma Unidade Socioeducativa na Ilha do Governador onde trabalhou como cozinheira. Quatro anos depois foi transferida para o Centro de Atendimento Intensivo - CAI Baixada - em Belford Roxo, também conhecido como DEGASE. Com a terceirização das refeições, foi realocada para a portaria onde teve contato direto com as mães e  familiares dos adolescentes nos dias de visita. Passou a observar diversas violações de Direitos Humanos, a desinformação e sofrimento das mulheres/visitantes sem acesso à banheiro, água potável, informações sobre vestimentas, algumas até sem dinheiro para comer.

“Essas e outras questões nos movem e por isso travamos essa luta junto às mães pela dignidade dessas famílias e pelo respeito aos direitos humanos, fortalecendo mulheres que vivenciaram a maternidade sem a estrutura adequada e, consequentemente, carregaram e carregam diversos fardos sociais. Aqui nós olhamos para as mães. Reconhecer a dignidade da vida dessas mulheres é o nosso objetivo principal”, conta Sandra. 

casa-mae-mulher-sandra-santos-degase.jpg
DSC_1182.jpg

 Recebeu em 2019 o Prêmio CLAUDIA, maior premiação feminina da América Latina, na categoria trabalho social. Em 2021 ficou em primeiro lugar na categoria Práticas Humanísticas no 10º Prêmio AMAERJ Patrícia Acioli de Direitos Humanos. Nesse mesmo ano recebe o primeiro troféu Rosas Negras, realizado pelo Instituto Candaces, pela luta e resistência das Mulheres Negras na garantia dos direitos humanos, cidadania e dignidade humana da população negra. Recebeu também, uma homenagem do Cai - Baixada pelo serviços prestados.

PREMIAÇÕES

Nos últimos anos a Casa Mãe Mulher foi reconhecida pela sua dedicação, ações desenvolvidas, trajetória, defesa dos direitos humanos das mulheres negras entre outras ações. 

A Casa Mãe Mulher é um coletivo protagonizado por mulheres negras que atuam pelo fortalecimento de mães e familiares de adolescentes em privação de liberdade, que cumprem medidas socioeducativas no Degase.

Aqui nós olhamos para as mães. Reconhecer a dignidade da vida dessas mulheres é o nosso objetivo principal. Travamos essa luta pela dignidade dessas famílias e pelo respeito aos direitos humanos.

Nos governamos sem a interferência de poderes externos. Seja um doador, colabore e faça parte desse movimento social. Trabalhamos em conjunto para um mesmo fim.

DEU NA MÍDIA

Projetos, atividades e parceiros. Trabalho realizado em prol das famílias.

Práticas Humanistas.

Lucas Landau

Colaboração para Universa

Casa Mãe Mulher.

O Dia Por Luana Benedito

Arrecadação de doações para as famílias.

Por Mariana Pekin 24ª edição do Prêmio CLAUDIA. 

Há dez anos projeto acolhe e orienta mães de internos do Degase.

FALE CONOSCO

Obrigado(a)

bottom of page